Tudo acontece no seu tempo


Vivemos num mundo em que tudo tem que ser para ontem, ninguém pode esperar nada. O imediatismo tomou conta da nossa vida, mas onde queremos chegar com toda esta pressa?

Neste ritmo descontrolado, acabamos nos perdendo e fazendo coisas das quais depois nos arrependemos. Queremos encontrar respostas rápidas para os nossos questionamentos e nos frustramos quando isto não acontece. Atropelamos os outros, a fim de atendermos as nossas necessidades, sem nos preocuparmos com os danos que poderemos estar causando em outrem. Priorizamos as coisas que nos convém, que nos favorecem, e deixamos de lado as coisas que não nos parecem tão interessantes.

Corremos o dia inteiro, muitas vezes sem saber a razão. Preenchemos todas as horas do dia, como se estivéssemos fugindo de alguma coisa. Justificamos nossas ausências na vida familiar, no convívio com os amigos, pela falta de tempo e até, muitas vezes, nos orgulhamos disso.

O tempo parece que passa cada vez mais rápido. Não sei se é para acompanhar a nossa velocidade ou ao inverso. Reclamamos da falta de tempo, mas o jogamos fora, muitas vezes, com coisas banais e desta forma vamos levando a vida.

Não nos damos conta que tudo acontece no seu tempo. Que não adianta querermos acelerar as coisas. O imediatismo não nos leva a lugar nenhum, a impulsividade de fazer algo, nos deixa ansiosos e depois vem o arrependimento, quando as coisas não acontecem como queremos, porém, não nos damos conta que a pressa nos atrapalha.

As respostas imediatas que queremos em nossa vida, não encontraremos no externo, pois elas encontram-se dentro de nós e nem sempre é fácil de encontrá-las. Nada parte do externo, como muita gente pensa, tudo vem do interno. Todos os nossos problemas têm origem dentro de nós e, para resolvê-los, faz-se necessário que olhemos para o nosso interior, a fim de descobrir as nossas dificuldades.

Quando desacelerarmos e nos permitirmos sermos reais, vivendo o movimento espontâneo de nós mesmos, vivendo cada momento dentro do seu tempo, dando uma resposta de cada vez, teremos condições de compreender que a corrida que nos impomos todos os dias não é necessária e entenderemos que não precisamos apressar o rio, pois ele corre sozinho.

O mesmo é com a nossa vida. Não precisamos acelerar nada, pois tudo acontece no seu tempo.


12 visualizações

CLIQUE E FALE

+55 51 999-877-258

REDES SOCIAIS

Código de Ética Profissional do(a) Psicólogo(a)

CONSULTÓRIO

Rua Rita Lobato, 191 sala 306

Praia de Belas - Porto Alegre/RS

Conselho Regional de Psicologia do RS