• Anissis Moura Ramos

A decepção pode ser libertadora


A etiologia da palavra decepção vem do latim deceptio e significa engano ou dolo, mas quem já não experienciou a dor da decepção? A decepção é um sentimento dolorido, que gera tristeza, frustração, raiva, ira, deixa marcas e dificilmente permite que a relação seja retomada, porque a pessoa decepcionada fica incomplacente.

Ainda que a decepção possa trair a confiança e o afeto, ela não é de todo ruim. Ela nos convida a refletir, a amadurecer, pois retira a venda que nos impedia de enxergar o outro como ele realmente é. Ela destrói a ilusão e a idealização que temos em relação ao outro. Na realidade, a dor da decepção é doída porque afeta diretamente o nosso ego, mostrando-nos, que não nos decepcionamos com o outro, mas sim com nós mesmos, porque nos deixamos enganar. Sentimo-nos traídos, afinal a pessoa que nos decepciona usurpou nossa confiança.

A decepção, como qualquer outro sentimento, terá o peso que dermos a ela, isso não significa dizer que ela não doa e não deixe marcas. Porém, não podemos deixar de olhar para o lado positivo da decepção, ela nos liberta de pessoas que não merecem nossa confiança, nossa atenção, nossa compaixão, nossa complacência, enfim, nos liberta da pessoa que não merece desfrutar da nossa companhia, da nossa amizade.

Por mais dolorido que seja ser enganado por alguém que confiamos e gostamos, não podemos deixar que isso nos torne pessoas duras e más. Precisamos ficar atentos para não criarmos expectativas em relação ao outro e nem idealizarmos, podemos vê-lo como um ser humano que tem pontos falhos como nós e que cabe a nós observar o funcionamento dele e termos cautela nas nossas relações. Isso aprendemos à medida que vamos sofrendo decepções, não nos doamos mais com tanta intensidade, pois compreendemos que por maior que seja nosso relacionamento com alguém, nunca o conheceremos suficiente e por isso, a qualquer momento poderemos ser surpreendidos por alguma situação que nos decepcione.

Apesar de todo sofrimento que uma decepção gera, ela sempre será libertadora porque nos ensina a sermos mais cuidadosos conosco, a nos protegermos em relação aos outros, principalmente, no mundo atual, em que as pessoas olham para os seus interesses e usam o outro para se beneficiar.

#Relacionamentos

0 visualização