• Anissis Moura Ramos

Tragédia ou Crime?


Infelizmente, tivemos nesse início de ano, duas situações no Brasil em que muitas vidas se perderam. As pessoas se referem como a tragédia de Brumadinho e a tragédia ocorrida no incêndio do CT do Flamengo, mas será que realmente foram tragédias? Reportar-se a esses dois eventos como tragédias não será uma forma de amenizar e minimizar a responsabilidade dos responsáveis? O que diferencia a tragédia do crime? A tragédia envolve questões relacionadas a moralidade, ao significado da existência humana, as relações entre as pessoas e a relação entre os seus homens e seus deuses, considerando que tragédia vem do grego tragoidia, “poema ou peça teatral em linguagem informal com um final infeliz. Ao passo que crime é um ato proibido por lei ou que tem uma pena determinada caso seja realizado. O crime é caracterizado por uma atitude que causa um dano a um bem que é protegido pela lei, como a vida e a propriedade privada. Sendo assim, será que esses dois fatos não são o resultado de corrupção e de burocracia? Porque tanto em Brumadinho como no CT do Flamengo, os responsáveis sabiam que existiam riscos. Isso podemos ver em matérias publicadas por veículos de comunicação não só no Brasil, mas no exterior também. Uma matéria que saiu no New York Times (09/02/19) sobre Brumadinho, refere: “No desastre do mês passado, todos os elementos para a catástrofe estavam lá: um reservatório básico de lixo de mineração construído a baixo custo, assentado acima de uma grande cidade aninhada embaixo. Avisos negligenciados de problemas estruturais que poderiam levar a um colapso. Equipamento de monitoramento que não funcionou.", informou o jornal americano”. No swissinfo.ch atualidades Suíças (29.01.2019), a manchete é “Tragédia de Brumadinho é um 'crime' a ser investigado pela ONU". o corpo da matéria consta que “a tragédia é a repetição de um erro recente e poderia ter sido evitada, se o Brasil tivesse agido com maior severidade e transparência no controle ambiental", afirma o especialista da ONU.

Vidas foram interrompidas, famílias foram destruídas pela irresponsabilidade de algumas pessoas. E como tudo no Brasil, inicialmente tem uma forte repercussão, protestos de indignação e com o passar do tempo nada acontece e fatos como esses acabam caindo no esquecimento, sendo relembrados nas datas em que o fato ocorreu. Quantas vidas mais precisarão se perder para que um dia, talvez, tenhamos um país sério? Não podemos continuar afirmando que o ocorrido em Brumadinho e no CT do Flamengo foram tragédias, mas sim crimes, porque como dizem as notícias de jornais estrangeiros o desastre de Brumadinho poderia ter sido evitado. O incêndio do CT do Flamengo também, se a prefeitura do Rio de Janeiro tivesse cumprido com o seu dever, interditando o CT por oferecer risco. Quem será que foi beneficiado por não interditar o CT? Infelizmente, só isso podemos pensar, num país de escândalos de corrupção como o nosso.


0 visualização