Politicamente correto

 

Nos tempos atuais muito se fala em politicamente correto, mas afinal o que é politicamente correto? Será que somos politicamente corretos? Será que agimos desta forma?

 

Utiliza-se esta expressão para classificar alguém ou algo que segue as normas estabelecidas por uma instituição oficial. Geralmente, ao se usar esta expressão, procura-se neutralizar narrativas estereotipadas que se reportem a diversas formas de discriminação.

 

Politicamente correto está diretamente relacionado às questões morais e éticas, algo que no mundo atual, principalmente em nosso país, não vem sendo muito preservado.

 

Penso que para que possamos utilizar a expressão politicamente correto, precisamos mudar paradigmas, visto que a pessoa politicamente correta é íntegra, segue os padrões da ética e da moral estabelecidos pela sociedade, sem cometer nenhum deslize. Deslizes é o que mais vemos em nossa sociedade, o famoso jeitinho brasileiro convida as pessoas burlarem regras, sonegarem impostos, validarem serviços clandestinos e compras de produtos piratas; fortalecerem a lei de Gerson, ou seja, procuram levar vantagens em tudo, etc. O interessante é que muitas das pessoas que falam sobre o politicamente correto, são justamente as pessoas que apresentam o tipo de comportamento anteriormente mencionado e isto mostra a forma dissociada que a nossa sociedade está funcionando, sem perceber.

 

Ao assumir alguma expressão em nosso discurso, primeiramente temos que ver se ela condiz com a nossa realidade, com o nosso comportamento, visto que este, a fala e o pensamento devem estar alinhados. Portanto, não dá para se falar em politicamente correto e sonegar impostos, levar vantagem em algumas coisas, se apropriar de algo que não é seu, entre outras coisas.

 

As colocações que estou fazendo não significa que estejam corretas ou não, mas trata-se de uma provocação para que as pessoas pensem sobre o assunto e vejam que existe algo muito mais profundo que precisa ser mudado para depois se poder falar em politicamente correto, que é a cultura. Enquanto não houver uma quebra de paradigmas, não se rever a forma como nós enquanto sociedade estamos funcionando, não resgatar valores éticos e morais, a expressão politicamente correta não passará apenas de uma expressão, talvez bonitinha e interessante para quem vive no automático, que não pensa e não questionam aquilo que escuta.

 

Pensar e questionar faz parte do politicamente correto, não dá para escutar e aceitar aquilo que é dito como uma verdade absoluta, a escuta precisa ser feita com crítica, isto não significa que tudo tem que ser criticado, mas pensado.

 

O objetivo deste texto é convidar as pessoas a refletirem sobre se estão pensando; se estão tendo uma escuta crítica; se estão funcionando de uma forma alinhada, ou seja, pensamento, fala e comportamento estão harmonizados; se aceitam lidar com as ideias contrárias à sua, sem desvalorizá-las, etc.

 

Finalizo este texto deixando o convite para que pensem se estão agindo de maneira politicamente correta em suas vidas e lembrando que é preciso ser politicamente correto primeiro consigo mesmo e só depois ser com os outros. Sempre é bom rever como estão nossa ética, nossos valores e nossa moral. Não é porque os outros fazem errado que temos que fazer também. Pense sobre isto!

Please reload

Posts Recentes

06/11/2019

18/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • SoundCloud Social Icon
  • LinkedIn Social Icon