Inverno, tempo de recolhimento

 

Normalmente, dizemos que a primavera é a estação do despertar, do desabrochar, em função de ser o período em que as flores florescem. É o despertar das reflexões e dos sonhos criados no inverno.

 

O inverno é a estação que faz as pessoas ficarem mais recolhidas em suas casas, ensimesmadas, é o momento que pode ser usado para refletir sobre sua vida, traçar planos, se reorganizar. Entretanto, na maioria das vezes as pessoas não utilizam essa oportunidade para se conhecerem melhor, não valorizam. Preferem viver no piloto automático, fazendo e tendo tudo que os outros têm, a fim de se sentirem pertencendo a um grupo, que muitas vezes não é o seu. Isso denota falta de maturidade, pois mantém o comportamento de adolescente, ou seja, precisam se identificar e agradar o outro, para ser aceito.

 

O medo da solidão é muito comum, porque as pessoas por não se conhecerem, não conseguem gostar da sua própria companhia. Acostumaram a viver no piloto automático, a fazer e dizer o que todo mundo faz e diz, sem avaliar se é o que realmente acreditam ou querem. A carência existente do pensar, faz com que muitos não consigam se posicionar, por não terem argumentos sustentáveis para defender suas ideologias e por isso preferem pegar “carona” no pensar do outro.

 

Encarar o inverno como a oportunidade de aproveitar os dias frios e cinzentos para ler um bom livro, para meditar, para avaliar a sua vida, ajuda a manter o equilíbrio, a diminuir o estresse e a ansiedade, inibindo a necessidade de estar sempre em busca de algo ou de alguém. Os dias frios e cinzentos dessa estação podem ser usados para pensar quais estratégias utilizará para colocar em prática seus sonhos, quando a primavera chegar.

 

O grande problema que vemos é que as pessoas não avaliam, não pensam sobre os seus sonhos; agem por impulsividade, pois querem respostas imediatas. O grande mal do ser humano é querer realizar várias coisas, mas não avaliar se terá condições de dar continuidade. Todo o começo é interessante, porque é algo novo, ao passo que a continuidade exige paciência, persistência, sacrifício, determinação, planejamento. E nada melhor do que um dia de inverno para dar asa a imaginação e planejar como fará para tornar seu sonho realidade, sem vir a ter decepções e frustração porque o seu sonho tornou-se pesadelo.

 

Todos nós precisamos de momentos de reflexão e o isolamento se faz necessário para que isso aconteça, não devendo ser compreendido como depressão. Recolher-se, ensimesmar-se não só ajuda a entender melhor a sua maneira de funcionar, mas a evoluir enquanto ser. O recolhimento no inverno não serve apenas para ficar em casa, nas redes sociais, em frente à televisão, comendo ou se queixando do frio, pode ser visto como a oportunidade de acessar a sua morada interna, observar como ela se encontra, colocar o que for necessário no lugar e descartar aquilo que já não tem mais utilidade em sua vida. É a oportunidade de plantar a sementinha do sonho para que floresça na primavera; é o momento de renovar as energias para poder brilhar na estação das flores. Por isso, não faça dos dias cinzentos do inverno, dias de sofrimento, veja-os como uma oportunidade de ficar no calor da sua casa, pensando, analisando, refletindo sobre você, sobre a vida e os sonhos que pretende colocar em prática quando a primavera chegar.

Please reload

Posts Recentes

06/11/2019

18/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • SoundCloud Social Icon
  • LinkedIn Social Icon