É necessário sair da zona de conforto

 

Vira e mexe escuta-se as pessoas falarem sobre a necessidade que existe de sair da zona de conforto, isso está muito vinculado não só a nova realidade de mercado de trabalho, mas também a situação econômica/financeira do país. No consultório também escutamos o paciente dizer que precisa sair da zona de conforto, como se fosse um clichê do momento, que tem o objetivo de não deixar ninguém parado.

 

O interessante é que ninguém questiona o que é a zona de conforto, seriam as situações que nos dão prazer, satisfação, o lugar em que carregamos os nossos pensamentos, nossas lembranças? Sendo ela esse lugar, significaria que teríamos que abrir mão daquilo que já conhecemos e estamos acostumados a lidar, para buscar novas oportunidades e desafios? Portanto, nada mais lógico que querer sair dela, se esse for o objetivo. Afinal, ficar acomodado naquilo que já conhecemos, mostra nossa falta de ambição, de vontade de querer mudar, de crescer em todos os sentidos.

 

Claro que ao destacarmos a necessidade de sair da zona de conforto, não estamos dizendo que o conforto tem que ser evitado, ao contrário, o conforto é algo benéfico para nossa vida. O que precisamos é avaliar em que contexto a expressão “sair da zona de conforto” está sendo usada. Geralmente, ela é utilizada para dizer que o indivíduo está estagnado, paralisado, alienado. Nesse sentido, o conforto é negativo, faz-se necessário um esforço para que haja uma mudança, levando-o a buscar novos objetivos, vislumbrar novos horizontes, conquistando novos desafios e estimulando a sua autoestima. Porém, precisa-se ter cuidado para não desconsiderar alguns indicadores que são importantes para algumas pessoas, como a tranquilidade, a serenidade, a paz, a disponibilidade de tempo para fazer o que gosta e que lhe dá prazer. Nesses casos, nenhum movimento precisa ser feito.

 

Normalmente, quando as pessoas utilizam-se da expressão “sair da zona de conforto” estão se reportando a algo negativo, que na maioria das vezes desconhecem a causa, que não sabem explicar o motivo pelo qual estão naquela situação. Possivelmente, seja porque estão mais acostumadas a conviver com a neurose do sofrimento.

 

Daí a importância de analisar qual a relevância dessa expressão na sua vida, visto que ela poderá ser um desencadeador de ansiedade, porque a pessoa fica com o pensamento obsessivo de que tem que fazer algo diferente, que precisa mudar e não sabe por onde iniciar esse processo que lhe foi mostrado como algo necessário em sua vida.

Please reload

Posts Recentes

03/12/2019

06/11/2019

18/10/2019

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • SoundCloud Social Icon
  • LinkedIn Social Icon